A usabilidade da descarga ecológica

Foto tirada pelo perspicaz @emrsn
Foto tirada pelo perspicaz @emrsn

A foto cima ilustra um dos muitos modelos de botões desenvolvidos para descargas ecológicas (que liberam um volume de água compatível com o material a ser descartado – menos água para o No. 1, mais água para o No. 2).

A ideia é muito bacana e bastante sensata, mas a dúvida que consumiu os neurônios da respeitável equipe de usabilidade da Predicta (@predictaux) numa tarde de sexta-feira foi: qual dos botões é para qual e porque eles foram desenvolvidos dessa forma?

A primeira idéia que veio à mente de todos foi resultado de uma razoável associação entre o tamanho dos botões e o volume de água que eles liberariam. Faz sentido? Faz. É assim que funciona? Um desconcertante Não!

No mecanismo da privada em questão, é necessário pressionar o botão maior (e somente ele) para liberar um volume menor de água. Confesso que antes de compartilharmos a dúvida cheguei a julgar que a descarga não funcionava corretamente (e, consequentemente, deixei de tentar apertar o botão correto)

Tentamos, então, realizar um design reverso para descobrir porque o mecanismo foi desenhado dessa forma e chegamos à seguinte conclusão: o formato e tamanho do botão focam a tarefa repetida com maior frequência. Dada a natureza das atividades, o botão maior/mais utilizado, libera menos água.

Ainda assim, e como aconteceu comigo, acredito que esse design gere dúvidas e diversos acionamentos incorretos por conta dessa lógica. A foto abaixo, tirada pela @yorose, demonstra um modelo que segue a lógica de tamanho igual a volume de água liberado.

Foto de descarga ecológica com relação entre o tamanho dos botões e volume de água liberada.

Além de seguir essa lógica, a empresa disponibilizou uma instrução, colada na parde acima da privada.

O designer Joe Sparano afirma que “Good design is obvious. Great design is transparent” (“Bom design é óbvio. Ótimo design é invisível” – numa tradução livre ), MAS não se trata apenas de contornar uma deficiência do design, e sim introduzir e explicar o funcionamento de um novo mecanismo, ainda por se estabelecer na rotina de seus usuários. Mais ainda, o mecanismo propõe uma mudança em um dos hábitos mais arraigados e inconscientes do dia-a-dia. Todo esforço em prol de chamar a atenção para esse novo funcionamento é necessário e bem-vindo.

Conclusão

Então, na opinião deste humilde blogueiro, a relação entre tamanho do botão e volume de água liberado é uma associação mais simples de ser feita do que entre tamanho e frequência de uso; e uma “legenda” é, neste caso, tão necessária quanto eficaz no aprendizado e popularização do mecanismo. Seria mais ainda se a mesma fosse aplicada sobre ou próxima a seus respectivos botões, facilitando a visualização e a associação, como no exemplo abaixo:

Exemplo de aplicação de legenda em baixo relevo nos botões de descarga

Anúncios
Esse post foi publicado em design industrial, Experiência do Usuário e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A usabilidade da descarga ecológica

  1. i9CRIE disse:

    aqui em casa so tem dessas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s